sábado, 2 de abril de 2016

INTRODUÇÃO à Química Geral

1 – A química é um dos ramos da ciência moderna. O que estudamos em Química?

2 –O que é  matéria? Cite três estados físicos da matéria .

3 – Assinale (E) para energia e (M) para matéria:

(   )som              (   )lápis         (   )luz              (   )calor             (   ) bola         (   )ar      (   )apostila

4 –Sobre as propriedades da matéria:

Cite três propriedades gerais: ____________________,  __________________ e __________________ .

Cite três propriedades específicas: ________________, ____________________ e __________________ .

5 – Coloque(Q) para fenômeno químico e (F) fenômeno físico:

(   )fusão do gelo         (   )queima de pólvora       (   )digestão dos alimentos    (    )fermentação do caldo de cana

(   )formação da ferrugem      (   )evaporação do álcool    (   )leite que azedou fora da geladeira  (   )fotossíntese

6 – O cometa Halley tem a formação da sua cauda pela sua proximidade em relação ao Sol. A formação da sua cauda é uma mudança de estado físico chamado:
a)evaporação             b)vaporização              c)condensação           d)sublimação            e)liquefação

7 –  A balança é um instrumento utilizado para medir a _________dos corpos.

8 – Quais são as partículas do átomo e onde se encontram?

9 - Para o cientista Dalton, como são os átomos?

10 - Dê nome aos elementos químicos representados pelos símbolos:
Be                               B                                 P                                  Au                               Fe
C                                 O                                 N                                 H                                 Ca
Cl                                Br                                S                                  Mg                              K
11-Defina número atômico e número de massa.

12- Um átomo de bromo tem Z=35 e A=80. Quantos nêutrons existem no núcleo desse átomo?

13- No átomo de fósforo existem, no núcleo, 15 prótons e 16 nêutrons. Determine o número atômico e o número de massa.

14-No átomo de ferro há 26 nêutrons no núcleo e 30 elétrons na eletrosfera. Qual é o valor do número de massa(A) desse átomo?        

15(UFMG)Um átomo neutro de número atômico 24, contendo 28 nêutrons em seu núcleo,possui:
a)24 elétrons, 28 prótons e número de massa 28.               b)28 elétrons, 24 prótons e número de massa 48.
c)24 elétrons, 24 prótons e número de massa 52.               d)28 elétrons, 28 prótons e número de massa 56.
e)52 elétrons, 24 prótons e número de massa 76.

16- Usando a tabela de química, qual  o número de massa de um átomo de manganês que apresenta 30 nêutrons?


17- Analise os átomos no quadro abaixo:  (JUSTIFIQUE A RESPOSTA)
     Átomos  Número de prótons Número de elétrons Número de nêutrons Número de massa
        X            16              16                16                32
        Y            16              16                17                33
Sobre eles, são feitas as seguintes afirmativas:
I - Os átomos são isótonos.
II - Os átomos são isóbaros.
III - Os átomos são isótopos.
IV. - Os átomos têm o mesmo número atômico.
V - Os átomos pertencem elementos químicos diferentes.
Em relação às afirmações acima, podemos dizer que são corretas apenas:
a) I e V
b) II e III
c) III e IV
d) I e IV
e) II e V

18) Qual o símbolo dos elementos químicos de acordo com a nomenclatura:
Bromo:                        césio:                          selênio                        carbono:                   potássio:
Cálcio:                         estanho:                      ouro:                           flúor:                         magnésio:
19) Dê o número de prótons e o número de elétrons das espécies químicas abaixo:
7N-3  : nºp+=                       ; nºe- =                           17Cl -1 : nºp+=             ; nºe- =             
 37Rb+1 : nºp+=                ; nºe- =
 13Al+3   : nºp+=                 ; nºe- =                          
26Fe+3   : nºp+=                 ; nºe- =                

15P -3  : nºp+=                        ; nºe- =

20) TESTES
I) Qual o número atômico de um átomo que apresenta 2 elétrons na camada M ?
                                                                                                                             
a)8                          b)10                       c)12                       d)14                       e)n.d.a                      (Justifique)

II) Qual o número de elétrons na última camada do átomo de bromo(Z=35)?
   a)zero                 b)2                          c)5                          d)7                          e)8                           (Justifique)         

21-Faça a distribuição dos elétrons em camadas eletrônicas dos seguintes átomos, depois encontre o nome da família e o périodo: (encontre o número atômico na sua tabela periódica )

As à                                                                                                                                    Ca à





Frà                                                                                                                                      F  à                      





Fotos de lousas




Fotos de Lousas de algumas aulas.


Pessoal,  Estarei publicando algumas lousas,.. feitas em minhas aulas. de repente será útil para você.
A foto acima foi da aula de Física no 8ºano da Escola Degraus em 15/02/2016. O assunto é relações entre Escalas Termométricas.
Bons estudos, um abraço do Paulo Márcio.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Link apostila de Óptica

http://www.ufjf.br/cursinho/files/2012/05/APOSTILA-RENAN-2012.109.146.pdf

Ótima apostila e muitos exercícios para fazer. Um trabalho!!!

domingo, 6 de março de 2016

Lista de exercicios de Óptica

1) Qual o valor de um minuto-luz? Dado que a velocidade da luz no vácuo é de 300.000 km/s.


2) Quando o motorista de um táxi olha pelo espelho retrovisor vê o passageiro no banco de trás. Pelo mesmo retrovisor o passageiro também vê o motorista. Isto é uma prova de qual princípio da óptica geométrica?

3) Em um dado instante uma vara de 2,0 m de altura, vertical, projeta no solo, horizontal, uma sombra de 50 cm de comprimento. Se a sombra de um prédio próximo, no mesmo instante, tem comprimento de 15 m, qual a altura do prédio?

4) Um objeto de 4,0 m de altura é colocado a 2,0 m de uma câmara escura de orifício, que possui 20 cm de profundidade. Qual o tamanho da imagem formada no fundo da câmara escura?

5) (Ufpe 2006) Uma “câmera tipo caixote” possui uma única lente delgada convergente, de distância focal f = 20 cm. Qual deve ser a distância da lente ao filme, em cm, para que a imagem de uma pessoa que está de pé a 400 cm da câmera seja focalizada sobre o filme?
http://4.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLCMTRO8TSI/AAAAAAAAAa0/N6etj7HtL3k/s320/image001.jpg

6) (Ufrj 95) No dia 3 de novembro de 1994 ocorreu o último eclipse total do Sol deste milênio. No Brasil, o fenômeno foi mais bem observado na Região Sul.
A figura mostra a Terra, a Lua e o Sol alinhados num dado instante durante o eclipse; neste instante, para um observador no ponto P, o disco da Lua encobre exatamente o disco do Sol.
Sabendo que a razão entre o raio do Sol (Rs) e o raio da Lua (Rl) vale Rs/Rl = 4,00 x 102 e que a distância do ponto P e ao centro da Lua vale 3,75 x 105km, calcule a distância entre P e o centro do Sol. Considere propagação retilínea para o luz.
http://2.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLCMoGtvbfI/AAAAAAAAAa8/iCQeWNhRO-Q/s320/image002.gif

7) (Ufrj 97) No mundo artístico as antigas “câmaras escuras” voltaram à moda. Uma câmara escura é uma caixa fechada de paredes opacas que possui um orifício em uma de suas faces. Na face oposta à do orifício fica preso um filme fotográfico, onde se formam as imagens dos objetos localizados no exterior da caixa, como mostra a figura.
http://4.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLCM3VrodSI/AAAAAAAAAbM/dG7bxgwPp4E/s320/image004.gif
Suponha que um objeto de 3m de altura esteja a uma distância de 5m do orifício, e que a distância entre as faces seja de 6cm.
Calcule a altura h da imagem.

8)(Unesp 91) Quando um feixe de luz, propagando-se no ar, incide sobre a superfície plana de separação entre o ar e um meio transparente como, por exemplo, a água ou o vidro, ocorrem simultaneamente a refração e a reflexão. Nesse caso dizemos que a luz sofre uma reflexão parcial. Descreva sucintamente pelo menos uma situação, presenciada por você no decorrer de sua vida diária, que sirva como uma evidência para isso, ou seja, que nos mostre que nesses casos a luz também sofre reflexão.



9) (Unesp 94) Em 3 de novembro de 1994, no período da manhã, foi observado, numa faixa ao sul do Brasil, o último eclipse solar total do milênio. Supondo retilínea a trajetória da luz, um eclipse pode ser explicado pela participação de três corpos alinhados: um anteparo, uma fonte e um obstáculo.
a) Quais são os três corpos do Sistema Solar envolvidos nesse eclipse?
b) Desses três corpos, qual deles faz o papel:
De anteparo? De fonte? De obstáculo?

10) A velocidade da luz, no vácuo, vale aproximadamente 3,0.108 m/s. Para percorrer a distância entre a Lua e a Terra, que é de 3,9.105 km, a luz leva:
a) 11,7 s
b) 8,2 s
c) 4,5 s
d) 1,3 s
e) 0,77 s

11) (Cesgranrio 94) O menor tempo possível entre um eclipse do Sol e um eclipse da Lua é de aproximadamente:
a) 12 horas.
b) 24 horas.
c) 1 semana.
d) 2 semanas.
e) 1 mês.

12) (Cesgranrio 95) Às 18h, uma pessoa olha para o céu e observa que metade da Lua está iluminada pelo Sol. Não se tratando de um eclipse da Lua, então é correto afirmar que a fase da Lua, nesse momento:
a) só pode ser quarto crescente
b) só pode ser quarto minguante
c) só pode ser lua cheia.
d) só pode ser lua nova.
e) pode ser quarto crescente ou quarto minguante.

13) (Faap 96) Um quadro coberto com uma placa de vidro plano, não pode ser visto tão distintamente quanto outro não coberto, porque o vidro:
a) é opaco
b) é transparente
c) não reflete a luz
d) reflete parte da luz
e) é uma fonte luminosa

14) (Fatec 99) Uma placa retangular de madeira tem dimensões 40cm x 25cm. Através de um fio que passa pelo baricentro, ela é presa ao teto de uma sala, permanecendo horizontalmente a 2,0m do assoalho e a 1,0m do teto. Bem junto ao fio, no teto, há uma lâmpada cujo filamento tem dimensões desprezíveis.
A área da sombra projetada pela placa no assoalho vale, em m2,
a) 0,90
b) 0,40
c) 0,30
d) 0,20
e) 0,10

15) (Fatec 2005) Um objeto y de comprimento 4,0 cm projeta uma imagem y’ em uma câmara escura de orifício, como indicado na figura.
http://3.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLDqq52hcnI/AAAAAAAAAbc/VA4WjUv_aV8/s320/image005.gif
O comprimento de y’ é, em centímetros, igual a
a) 2,5
b) 2,0
c) 1,8
d) 1,6
e) 0,4

16) (Fei 96) Uma câmara escura de orifício fornece a imagem de um prédio, o qual se apresenta com altura de 5 cm. Aumentando-se de 100 m a distância do prédio à câmara, a imagem se reduz para 4 cm de altura. Qual é a distância entre o prédio e a câmara, na primeira posição?
a) 100 m
b) 200 m
c) 300 m
d) 400 m
e) 500 m

17) (Fuvest 93) A luz solar penetra numa sala através de uma janela de vidro transparente. Abrindo-se a janela, a intensidade da radiação solar no interior da sala:
a) permanece constante.
b) diminui, graças à convecção que a radiação solar provoca.
c) diminui, porque os raios solares são concentrados na sala pela janela de vidro.
d) aumenta, porque a luz solar não sofre mais difração.
e) aumenta, porque parte da luz solar não mais se reflete na janela.

18) (Fuvest 94) A figura adiante mostra uma vista superior de dois espelhos planos montados verticalmente, um perpendicular ao outro. Sobre o espelho OA incide um raio de luz horizontal, no plano do papel, mostrado na figura. Após reflexão nos dois espelhos, o raio emerge formando um ângulo α com a normal ao espelho OB. O ângulo α vale:
http://1.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLDrgUqhEUI/AAAAAAAAAbs/AqYHGNgoNQU/s320/image006.gif
a) 0°
b) 10°
c) 20°
d) 30°
e) 40°

19) (Fuvest 95) Num dia sem nuvens, ao meio-dia, a sombra projetada no chão por uma esfera de 1,0 cm de diâmetro é bem nítida se ela estiver a 10 cm do chão. Entretanto, se a esfera estiver a 200 cm do chão, sua sombra é muito pouco nítida. Pode-se afirmar que a principal causa do efeito observado é que:
a) o Sol é uma fonte extensa de luz.
b) o índice de refração do ar depende da temperatura.
c) a luz é um fenômeno ondulatório.
d) a luz do Sol contém diferentes cores.
e) a difusão da luz no ar “borra” a sombra.

20) (Fuvest 2001)Dois espelhos planos, sendo um deles mantido na horizontal, formam entre si um ângulo Â. Uma pessoa observa-se através do espelho inclinado, mantendo seu olhar na direção horizontal. Para que ela veja a imagem de seus olhos, e os raios retornem pela mesma trajetória que incidiram, após reflexões nos dois espelhos (com apenas uma reflexão no espelho horizontal), é necessário que o ângulo  seja de
http://1.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLDsRCkO1VI/AAAAAAAAAb0/H3UKN96TfoA/s320/image007.gifa) 15°
b) 30°
c) 45°
d) 60°
e) 75°

21) (Puccamp 2000) Andrômeda é uma galáxia distante 2,3.106anos-luz da Via Láctea, a nossa galáxia. A luz proveniente de Andrômeda, viajando à velocidade de 3,0.105km/s, percorre a distância aproximada até a Terra, em km, igual a
a) 4 . 1015
b) 6 . 1017
c) 2 . 1019
d) 7 . 1021
e) 9 . 1023

22) (Pucrs 2001) No vácuo, todas as ondas eletromagnéticas.
a) têm a mesma freqüência.
b) têm a mesma intensidade.
c) se propagam com a mesma velocidade.
d) se propagam com velocidades menores que a da luz.
e) são polarizadas.

23) (Uel 2001) Considere as seguintes afirmativas:
I- A água pura é um meio translúcido.
II- O vidro fosco é um meio opaco.
III- O ar é um meio transparente.
Sobre as afirmativas acima, assinale a alternativa correta.
a) Apenas a afirmativa I é verdadeira.
b) Apenas a afirmativa II é verdadeira.
c) Apenas a afirmativa III é verdadeira.
d) Apenas as afirmativas I e a III são verdadeiras.
e) Apenas as afirmativas II e a III são verdadeiras.

24) (Ufes 96) Um objeto amarelo, quando observado em uma sala iluminada com luz monocromática azul, será visto
a) amarelo.
b) azul.
c) preto.
d) violeta.
e) vermelho.

25) (Uff 2000) Para determinar a que altura H uma fonte de luz pontual está do chão, plano e horizontal, foi realizada a seguinte experiência. Colocou-se um lápis de 0,10m, perpendicularmente sobre o chão, em duas posições distintas: primeiro em P e depois em Q. A posição P está, exatamente, na vertical que passa pela fonte e, nesta posição, não há formação de sombra do lápis, conforme ilustra esquematicamente a figura.
http://1.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLDsmfQNuPI/AAAAAAAAAb8/t0RgCsWrltc/s320/image008.gif
Na posição Q, a sombra do lápis tem comprimento 49 (quarenta e nove) vezes menor que a distância entre P e Q.
A altura H é, aproximadamente, igual a:
a) 0,49 m
b) 1,0 m
c) 1,5 m
d) 3,0 m
e) 5,0 m

26) (Ufmg 2005) Marília e Dirceu estão em uma praça iluminada por uma única lâmpada.
Assinale a alternativa em que estão CORRETAMENTE representados os feixes de luz que permitem a Dirceu ver Marília.
http://1.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF9ahWX2HI/AAAAAAAAAcE/c_nmWP56Bds/s400/image009.gif


27) (Ufrn 2002) Ana Maria, modelo profissional, costuma fazer ensaios fotográficos e participar de desfiles de moda. Em trabalho recente, ela usou um vestido que apresentava cor vermelha quando iluminado pela luz do sol.
Ana Maria irá desfilar novamente usando o mesmo vestido. Sabendo-se que a passarela onde Ana Maria vai desfilar será iluminada agora com luz monocromática verde, podemos afirmar que o público perceberá seu vestido como sendo
a) verde, pois é a cor que incidiu sobre o vestido.
b) preto, porque o vestido só reflete a cor vermelha.
c) de cor entre vermelha e verde devido à mistura das cores.
d) vermelho, pois a cor do vestido independe da radiação incidente.


28) (Ufrrj 2000) Na figura a seguir, F é uma fonte de luz extensa e A um anteparo opaco.
http://1.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF-YCU1mmI/AAAAAAAAAcM/bGXTeSDgcLE/s320/image010.gif
Pode-se afirmar que I, II e III são, respectivamente, regiões de
a) sombra, sombra e penumbra.
b) sombra, sombra e sombra.
c) penumbra, sombra e penumbra.
d) sombra, penumbra e sombra.
e) penumbra, penumbra e sombra.

29) (Ufsc 2002) Leia com atenção os versos a seguir, de “Chão de Estrelas”, a mais importante criação poética de Orestes Barbosa que, com Sílvio Caldas, compôs uma das mais belas obras da música popular brasileira:
A porta do barraco era sem trinco
Mas a Lua, furando o nosso zinco,
Salpicava de estrelas nosso chão …
Tu pisavas nos astros distraída
Sem saber que a ventura desta vida
É a cabrocha, o luar e o violão …
O cenário imaginado, descrito poeticamente, indica que o barraco era coberto de folhas de zinco, apresentando furos e, assim, a luz da Lua atingia o chão do barraco, projetando pontos ou pequenas porções iluminadas - as “estrelas” que a Lua “salpicava” no chão.
Considerando o cenário descrito pelos versos, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) que apresenta(m) explicação(ões) física(s) possível(is) para o fenômeno.
01. A Lua poderia ser, ao mesmo tempo, fonte luminosa e objeto cuja imagem seria projetada no chão do barraco.
02. O barraco, com o seu telhado de zinco furado, se estivesse na penumbra, ou completamente no escuro, poderia comportar-se como uma câmara escura múltipla, e através de cada furo produzir-se-ia uma imagem da Lua no chão.
04. A propagação retilínea da luz não explica as imagens luminosas no chão - porque elas somente ocorreriam em conseqüência da difração da luz.
08. Os furos da cobertura de zinco deveriam ser muito grandes, permitindo que a luz da Lua iluminasse todo o chão do barraco.
16. Quanto menor fosse a largura dos furos no telhado, menor seria a difração da luz e maior a nitidez das imagens luminosas no chão do barraco.
32. Para que as imagens da Lua no chão fossem visíveis, o barraco deveria ser bem iluminado - com lâmpadas, necessariamente.

30) (Ufv 2001) Em uma situação, ilustrada na figura 1, uma lâmpada e um observador têm, entre si, uma lâmina de vidro colorida. Em outra situação, ilustrada na figura 2, ambos, a lâmpada e o observador, encontram-se à frente de uma lâmina de plástico colorida, lisa e opaca. Mesmo sendo a lâmpada emissora de luz branca, em ambas as situações o observador enxerga as lâminas como sendo de cor verde.
http://3.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF-u8H48aI/AAAAAAAAAcU/ammGwK8tmtw/s320/image011.gif
Pode-se, então, afirmar que, predominantemente:
a) o vidro reflete a luz de cor verde, absorvendo as outras cores, e o plástico transmite a luz de cor verde, absorvendo as outras cores.
b) o vidro absorve a luz de cor verde, transmitindo as outras cores, e o plástico absorve a luz de cor verde, refletindo as outras cores.
c) o vidro transmite a luz de cor verde, absorvendo as outras cores, e o plástico absorve a luz de cor verde, refletindo as outras cores.
d) o vidro transmite a luz de cor verde, absorvendo as outras cores, e o plástico reflete a luz de cor verde, absorvendo as outras cores.
e) o vidro absorve a luz de cor verde, transmitindo as outras cores, e o plástico reflete a luz de cor verde, absorvendo as outras cores.

31) (Unaerp 96) Uma brincadeira proposta em um programa científico de um canal de televisão, consiste em obter uma caixa de papelão grande, abrir um buraco em uma de suas faces, que permita colocar a cabeça no seu interior, e um furo na face oposta à qual o observador olha. Dessa forma ele enxerga imagens externas projetadas na sua frente, através do furo à suas costas. Esse fenômeno óptico baseia-se no:
http://4.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF_DWbj0NI/AAAAAAAAAcc/iyiYlaHaQ2w/s320/image012.gif
a) princípio da superposição dos raios luminosos.
b) princípio da reflexão da luz.
c) princípio da refração da luz.
d) princípio da propagação retilínea da luz.
e) princípio da independência dos raios luminosos.

32) (Unb 99) Eratóstenes, um antigo sábio que trabalhou no museu de Alexandria, há mais de dois mil anos, criou um famoso método para medir a circunferência da Terra. Conta-se que ele estava lendo um pergaminho que continha histórias de viajantes e deteve-se em uma passagem em que era narrado o fato, aparentemente banal, de que “ao meio-dia do dia mais longo do ano”, na cidade de Siena, próxima a Alexandria, o Sol estava a pino sobre um poço de água, e obeliscos não projetavam nenhuma sombra. O fato intrigou-o porque, no mesmo dia e no mesmo horário, na cidade de Alexandria, o Sol não estava exatamente a pino, como em Siena. Considerando que, devido a grande distância entre o Sol e a Terra, os raios luminosos provenientes do Sol que chegam à superfície terrestre são praticamente paralelos, ele concluiu, então, que a Terra não poderia ser plana e elaborou um método para medir o perímetro da sua circunferência. O método baseava-se em medir o ângulo α, formado entre uma torre vertical e a linha que une a extremidade da sombra projetada por essa torre no solo e o topo da torre, além de medir a distância entre Siena e Alexandria, conforme ilustra a figura a seguir.
http://3.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF_Yn2l6RI/AAAAAAAAAck/PXD_s_J0CXQ/s320/image013.gif
Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.
(1) Se a Terra fosse plana, a sombra de uma torre vertical teria, em um mesmo horário, o mesmo tamanho em qualquer parte da Terra.
(2) Se a Terra fosse plana e o Sol estivesse suficientemente próximo dela, de modo que seus raios de luz não pudessem ser considerados paralelos, então poderiam ser observadas diferentes configurações das sombras de torres idênticas localizadas em Siena e em Alexandria.
(3) Um forte indício de que a Terra é arredondada poderia ser percebido durante um eclipse lunar, observando-se a sombra da Terra na superfície da Lua.
(4) Considerando que a distância entre Siena e Alexandria seja de 450 km, que o ângulo ‘ seja igual a 4° e que a Terra seja uma esfera, o perímetro da circunferência de maior raio que passa pelas duas cidades será superior a 40.000 km.

33) (Unesp 94) Um lápis encontra-se na frente de um pequeno espelho plano E, como mostra a figura. O lápis e a imagem estão corretamente representados na alternativa:
http://3.bp.blogspot.com/_SBW2ZxiNUgw/SLF_rBczESI/AAAAAAAAAcs/RMkHA2XzkoU/s400/image014.gif



34) (Unesp 94) Um raio de luz passa do ar para a água, após atingir a superfície da água com um ângulo de incidência de 45°. Quando entra na água, quais das seguintes propriedades da luz variam?
I: comprimento de onda.
II: frequência.
III: velocidade de propagação.
IV: direção de propagação.
a) I e II, somente.
b) II, III e IV, somente.
c) I, III e IV, somente.
d) III e IV, somente.
e) I, II, III e IV.

35) (Unesp 96) Quando o Sol está a pino, uma menina coloca um lápis de 7,0 × 10-3m de diâmetro, paralelamente ao solo, e observa a sombra por ele formada pela luz do Sol. Ela nota que a sombra do lápis é bem nítida quando ele está próximo ao solo mas, à medida que vai levantando o lápis, a sombra perde a nitidez até desaparecer, restando apenas a penumbra. Sabendo-se que o diâmetro do Sol é de 14 × 108 m e a distância do Sol à Terra é de 15 × 1010 m, pode-se afirmar que a sombra desaparece quando a altura do lápis em relação ao solo é de:
a) 1,5 m.
b) 1,4 m.
c) 0,75 m.
d) 0,30 m.
e) 0,15 m.

36) (Unesp 99) Muitas vezes, ao examinar uma vitrina, é possível observar não só os objetos que se encontram em exposição atrás do vidro, como também a imagem de si próprio formada pelo vidro, A formação dessa imagem pode ser explicada pela.
a) reflexão parcial da luz.
b) reflexão total da luz.
c) refração da luz.
d) transmissão da luz.
e) difração da luz.

37) (nirio 95) Durante a final da Copa do Mundo, um cinegrafista, desejando alguns efeitos especiais, gravou cena em um estúdio completamente escuro, onde existia uma bandeira da “Azurra” (azul e branca) que foi iluminada por um feixe de luz amarela monocromática. Quando a cena foi exibida ao público, a bandeira apareceu:
a) verde e branca.
b) verde e amarela.
c) preta e branca.
d) preta e amarela.
e) azul e branca.

38) (Unirio 97) Uma boa teoria científica deve ter um bom poder preditivo e um bom poder explicativo. A Óptica Geométrica tem as capacidades anteriormente citadas, porém, como toda teoria científica, tem seus limites.
Dos fenômenos citados a seguir, o que NÃO consegue ser explicado através da teoria da Óptica Geométrica é o que se refere à(s):
a) ocorrência de miragens no deserto, ou no asfalto num dia quente e seco, dando a ilusão de existência de poças d’água sobre o solo.
b) formação de imagens reais de objetos reais através de espelhos côncavos.
c) formação do arco-íris na atmosfera terrestre.
d) decomposição da luz solar num feixe colorido ao atravessar um prisma.
e) diversas colorações observadas nas películas de óleo depositadas sobre a água.

39) (Unitau 95) Dois raios de luz, que se propagam num meio homogêneo e transparente, se interceptam num certo ponto. A partir deste ponto, pode-se afirmar que:
a) os raios luminosos se cancelam.
b) mudam a direção de propagação.
c) continuam se propagando na mesma direção e sentindo que antes.
d) se propagam em trajetórias curvas.
e) retornam em sentido opostos.

40) (Ueg 2005) “O mundo permanecia na escuridão. Deus disse: ‘Faça-se Newton’, e tudo foi luz” (tradução livre). Com esse verso, um poeta inglês homenageia Sir Isaac Newton. Newton, o brilhante cientista, formulou leis físicas em vários campos, EXCETO no campo da
a) ressonância magnética.
b) inércia dos corpos.
c) gravitação.
d) dinâmica.
e) teoria corpuscular da luz.










1.18 000 000 Km;
2.Princípio da Reversibilidade;
3.60 metros
4.40 centímetros
5.21 centímetros
6.1,5 . 108Km
7.h = 3,6 . 10-2m
8.8.1)Diante de um vidro transparente, você vê a imagem de uma pessoa do outro lado (e vice-versa) e vê também o seu reflexo no vidro;
8.2) Imagens refletidas na superfície de um vidro transparente;

9.a) Sol, Lua e terra;
b) Terra: anteparo; Sol: fonte; Lua: obstáculo;
10. [D] —–11. [D] —–12. [A] —–13. [D] —–14. [A]
15. [D] —–16. [D] —–17. [E] —–18. [C] —–19. [A]
20. [C] —–21. [C] —–22. [C] —–23. [C] —–24. [C]
25. [E] —–26. [A] —–27. [B] —–28. [C] —–29. [01+02]
30. [D] —–31. [D] —–32. [VVVV]33. [A] —–34. [C]
35. [C] —–36. [A] —–37. [D] —–38. [E] —–39. [C]
40. [A]